30 DE JANEIRO, DIA DA MULHER GUINEENSE, EM HOMENAGEM À HEROÍNA TITINA SILA

A Guiné-Bissau comemora hoje, 30 de Janeiro, Dia da mulher guineense, em homenagem à heroína Titina Sila.

Em 30 de janeiro de 1973, Titina Silá deslocou-se com alguns combatentes a bordo de uma piroga sobre o Rio Farim, no norte de Guiné Bissau, a fim de assistir as cerimônias fúnebres de Amílcar Cabral, em Conacri. A piroga foi descoberta e atacada por tropas colonialistas portugueses. Titina Silá ficou gravemente ferida e acabou por morrer afogada no mesmo local; o seu corpo nunca foi encontrado.

Em homenagem à essa grande e corajosa combatente, assim como tantas outras valentes mulheres guineenses, foi instituida a data de 30 Janeiro.

Em Bissau, uma estatua foi erguida em homenagem à Heroína Titina Sila.